REFLEXÃO POLÍTICA PARA AS PROXIMAS ELEIÇÕES

 


Açailândia vive uma das piores fases políticas desde da sua emancipação, e se tornou uma cidade atraente para aqueles que encontraram na política o seu sustento de vida.

 

Temos hoje, na história de Açailândia desde da sua emancipação as maiores atrocidades, proporcionadas por adversários políticos, na busca de derrubar o prefeito vencedor, protagonistas derrotados e insatisfeitos buscam nas brechas da lei caçar aqueles que se elegeram através da vontade popular. O fato é que Açailândia se transformou em uma cidade onde já se tornou costume cultural o vice ou o derrotado buscar sombra ou oportunidade jurídica, para afasta o gestor das suas funções na busca de se transformar no titular do cargo.

Raimundo Sampaio, primeiro prefeito eleito por Açailândia foi vítima de um afastamento pela câmara de vereadores, que por diversas vezes teve seus recursos adiados sem nenhuma explicação pelo tribunal de justiça do estado do Maranhão na época, as desculpas sempre era as eternas viagens do desembargador, o afastamento seria por suposta irregularidades que nunca foram explicadas e apresentadas. O vice Pimentel Também foi pressionado pela câmara e quase foi afastado do cargo, o ato só não aconteceu por que o seu mandato chegou ao fim.

Açailândia na atualidade, regride as primícias de sua emancipação, e a insegurança política toma conta mais uma vez, diante de um discurso de renovação, 2021 iniciou-se, debaixo de muita confusão, e tudo acontece por uma única motivação, poder. Esse filme que parece ainda está longe de terminar, já atrasa o andamento da cidade e já envolve o atual prefeito.

Segundo fontes, nos bastidores já se comenta que o afastamento de Aluísio Sousa é questão de horas ou dias, e tudo isso, por causa de situações maus resolvidas, se é verdade ou mentira só o futuro dirá.

O que se nota é que a câmara de vereadores de Açailândia nada faz, presa há escândalos que há envolve em pagamento de diárias, bonificações, pagamento de assessores parlamentares afastado, contratos duvidosos e funcionários fantasmas. O que se nota é que Açailândia a cada ano vai de mal a pior.

A reflexão é a seguinte; qual é a verdadeira motivação do eleitor açailândense para escolher seus representantes? São os que lhe proporcionam durante o período eleitoral vantagens ou é a suas “propostas” que lá vai saber, quais?

O que não pode, e a população se calar diante de tanto descalabro, enquanto isso, nós sofremos as consequências.

 

 

Você apoia o afastamento de todos os responsáveis por esse caos, convocando 17 novos parlamentares?

 

 

Por:

Marcio Morais

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FELIBERG SAI DE FININHO PARA NÃO RECEBER PROTOCO DE SUPLENTE DE VEREADOR

UM POUCO DA HISTÓRIA DA VEREADORA ROBENHA DA SAÚDE

PRIMEIRO ANO DA ADMINISTRAÇÃO DO PREFEITO ALUISIO SOUSA