MEDIDAS DE PREVENÇÃO E CONSCIENTIZAÇÃO DEVEM SER ELABORADAS CONTRA O COVID-19 EM AÇAILÂNDIA

CEA - Centro Empresarial de Açailândia e Câmara de Vereadores 


Açailândia oitavo município mais populoso do estado do Maranhão, sofre com o descaso da CEA — CENTRO EMPRESARIAL DE AÇAILÂNDIA — ACIA, que até o momento não se manifestou diante do crescimento dos casos confirmados de covid-19.

A instituição que deveria estar preocupada também com o crescimento dos casos para evitar que a economia do município seja afetada, deveria envolver-se, com a câmara municipal e traça metas e objetivos para que não cheguemos a um lockdown, prejudicando toda sociedade.

A doação de 185 doses de cloroquina, não é suficiente diante da dimensão que a instituição atingi, tapa na cara da sociedade que alimenta toda estrutura comercial consumista. ACIA é mais que isso, já, que é uma instituição que agrega e que empreende, devendo estar pronta a estratégias de crise, evitando que empresas entre em colapso sem colocar a vida de outros.

O prefeito Aluísio Silva Sousa, tomou todas as medidas possíveis para evitar que a pandemia se alastra-se atendendo exigências do ministério público, fechamento de igrejas, escolas, academias e salões de beleza, porém, cedeu a classe empresarial para que o comércio continua-se funcionando paliativamente.

A câmara de vereadores, que ainda não apresentou a população um posicionamento firme sobre medidas de políticas públicas na área da saúde precisa nesse momento buscar soluções.

A população que ainda não se conscientizou com a gravidade do momento, precisa evitar aglomeração, sempre buscar o melhor horário para compras, ir em hospitais só em casos de extrema urgência.



Escrito por
            
           Marcio Morais

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FELIBERG SAI DE FININHO PARA NÃO RECEBER PROTOCO DE SUPLENTE DE VEREADOR

UM POUCO DA HISTÓRIA DA VEREADORA ROBENHA DA SAÚDE

PRIMEIRO ANO DA ADMINISTRAÇÃO DO PREFEITO ALUISIO SOUSA